Educação e Cidadania são áreas afetadas em cortes do Governo

Grupo é um conjunto de pessoas reunidas com diversos objetivos. Existem mil e um tipos de grupos: de mulheres, de sindicalistas, de meninos e meninas de rua, de desempregados e outros. Entre eles vamos dar destaque ao grupo de jovens.

Mas, o que é um grupo de jovens? É um conjunto de jovens, em sua maioria de 15 a 24 anos, que se reúnem geralmente nas igrejas, com o objetivo inicial de simplesmente se conhecerem e, em seguida, de partilhar sonhos, dúvidas e experiências, bem como enfrentar juntos os desafios que essa faixa etária traz consigo.

Por que é importante participar de um grupo de jovens? No grupo, o jovem não está só. Diariamente ele busca respostas e saídas para as crises que enfrenta na família, na escola, no namoro etc., e não as encontra.

Lá, ele conhece pessoas que vivem as mesmas experiências que são comuns na vida do ser humano e encontra forças para seguir em frente. Além disso, o grupo é um espaço de amadurecimento da fé, conhecimento e valorização de si e do outro, descoberta da realidade e de atuação na comunidade.

Os jovens são atraídos pelos grupos por vários motivos: curiosidade, fuga da solidão, busca de compreensão, namoro, liberdade, vontade de conhecer pessoas novas etc. Encontram um ambiente que é um universo diferente do que viviam e pensavam anteriormente. O grupo de jovens é o novo em suas vidas. Nele o jovem exerce a cidadania quando elege a coordenação ou ele próprio é eleito, quando assume responsabilidades como: secretaria, animação, campanhas antidroga e de solidariedade e desenvolve sua criatividade e potencialidade.

Etapas do grupo

O grupo passa por etapas que são comparadas com o desenvolvimento do ser humano.

  • Gestação: compreende as fases de convocação/convite e nucleação.
  • Adolescência: momento de descoberta da comunidade, o grupo tem muita energia e garra.
  • Idade adulta: o grupo está mais amadurecido, sabe ponderar-se e destacar-se nas atividades com uma participação de melhor qualidade.
  • Velhice/maturidade: é época de deixar o grupo e de se multiplicar em vários outros segmentos, movimentos e setores da Igreja e sociedade.

Para formar um grupo de jovens, a primeira coisa de tudo é ter vontade e pessoas dispostas a participar. E como todo grupo tem lideranças, o mesmo precisa ter uma coordenação. A parte de animação pode ser de responsabilidade de todos. Geralmente eles se reúnem uma vez por semana. Espaço físico? Pode ser uma sala da igreja, da escola, debaixo de uma árvore, desde que seja um ambiente onde todos se sintam bem. Nas reuniões são tratados diversos temas, desde família, religião, atualidade, política. É um verdadeiro lugar de conhecimento e preparação para enfrentar o mundo.

Rumos para a vida

No decorrer da caminhada do grupo, o jovem vive um processo contínuo de descoberta onde encontra pistas que despertam a sua vocação. É na maturidade do grupo que as portas da realidade se abrem totalmente para que escolham os rumos da militância e da vida, que não basta ser simplesmente vivida, precisa ser sonhada e planejada passo a passo para enfrentar os novos desafios do mundo adulto.

Surge, então, a necessidade de se pensar em um projeto de vida, que leve em conta o Projeto de Deus, a realidade presente e as aspirações para um futuro melhor. Nesse momento específico o jovem está preparado para multiplicar as experiências vividas, podendo também assessorar outros jovens na formação de novos grupos.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply